• Inscreva-se no RSS da Catedral

    UMA MENINA MUITO INFLUENTE

    24 jun 2015   //   por   //   Colunas  //  Sem comentários

    Mary Jones nasceu há mais de 200 anos no País de Gales, e era filha de tecelões muito pobres. Desde que aprendeu a ler, aos 8 anos, ela desejava ardentemente ter uma Bíblia só dela, que pudesse ler quando quisesse.  Mas, mesmo tendo se tornado mais barata graças à imprensa de tipos móveis, a Bíblia ainda era um bem caro demais para os seus parcos recursos.

    maryjones_bigMary decidiu então prestar pequenos serviços e poupar para comprar sua Bíblia. Ela poupou por um bom tempo, todo o dinheiro ganho assim.  Quando julgou ter o suficiente, sua mãe adoeceu e o dinheiro foi destinado aos remédios de que ele precisou para se curar. Sem desanimar, apesar de tão jovem, ela recomeçou a poupar.

    Ela já era uma adolescente quando conseguiu reunir outra vez uma soma significativa, capaz de tornar seu sonho realidade.  Então, nova decepção…  Mary foi informada que em Alan, onde vivia, não havia nenhuma Bíblia.  Em Bala, porém, uma cidade distante cerca de 40 km, certo reverendo tinha Bíblias à venda. Mary se preparou, levou provisões de boca e iniciou a pé sua jornada para Bala, que lhe consumiu dois dias caminhando!

    Ao chegar lá, procurou o Rev. Thomas Charles, alegre com a possibilidade de ter sua própria Bíblia enfim. Porém o único exemplar disponível tinha sido encomendado por outra pessoa.  A  frustração foi demasiada para Mary e ela, ao ouvir essa resposta, caiu desfalecida.  Quando recobrou os sentidos, contou sua história, e o Rev. Thomas decidiu dar a ela aquele único exemplar da Bíblia.

    Mais do que isso, o exemplo de Mary sensibilizou-o a agir para tornar a Bíblia acessível aos mais pobres.  Foi por causa dela e do seu amor pela Palavra de Deus que se fundou a primeira Sociedade Bíblica para difundir a Palavra de Deus para todos.  Hoje existem 145 sociedades bíblicas em atividade no mundo inteiro com esse propósito.

    Há cerca de dois anos, o Espírito Santo me moveu a fazer o Ano Bíblico novamente. Usei uma edição da Bíblia específica para esse fim, em que temos a leitura para cada dia reunindo um trecho do Antigo e outro do Novo Testamento, mais uma parte de Salmos e de Provérbios.

    Quando ao ler a Bíblia, me deparo com trechos desafiadores para minha compreensão, uso o site www.blueletterbible.org com a obra de James Strong (e equipe), “Concordância Bíblica”, que me esclarece os termos originais em hebraico ou grego. São links numerados, onde H remete ao Antigo Testamento e G, ao Novo.

    Gosto também de manter um caderno pessoal de anotações com minhas reflexões sobre esses estudos bíblicos. Um dos heróis da fé, Charles H. Spurgeon, dizia que uma Bíblia que está caindo aos pedaços geralmente pertence a alguém que não está!

    E que brilhe Jesus!

     

    _ _

    Domitila Madureira, membro da Igreja Metodista da Asa Sul, Brasília.

     

    Deixe um comentário