• Inscreva-se no RSS da Catedral

    O Contrabandista de Deus – 9ª Parte

    30 abr 2015   //   por   //   Colunas  //  Sem comentários

    Um tesouro em russo

    Aprender outro idioma, conseguir recursos para viajar, aprender a dirigir um carro, comprar o carro, atravessar a fronteira com as Bíblias, fortalecer os novos-convertidos, firmar as crianças nos caminhos do Senhor — eram muitos desafios na Cortina de Ferro. Entretanto, de uma coisa eu tinha certeza: Deus é maior do que todos os desafios e, ele ia à minha frente abrindo caminhos e realizando milagres. Um pastor russo me perguntou, certa vez: “Por que você veio à Rússia?”. Respondi-lhe prontamente:

    “Procuro ajudar meus irmãos”. Então abri o pacote e entreguei-lhe a insignificante pilha de três Bíblias. Seu semblante dizia tudo: aquele era um verdadeiro tesouro.

    contrabandista9

    Aqui e na China

    Era preciso ter 15 mil dólares para imprimir cinco mil exemplares de Bíblias de bolso, em russo. Perguntei à minha esposa: “Quanto você acha que vale nossa casa?”. Oramos juntos e em seguida colocamos a casa à venda. Mas ninguém apareceu para comprá-la, e isso nos surpreendeu. Até que recebemos um telefonema da Sociedade Bíblica Holandesa:

    “Vamos produzir as Bíblias para vocês”. Deus seja louvado! Não precisamos vender nossa casa. No começo do ano de 1964 pudemos oferecer aos pastores russos as Bíblias de que necessitavam desesperadamente. O amor de Deus alcançara Rússia. E, então, um dia em Moscou, eu me sentei ao lado de um chinês em um ônibus. Uma esperança pelo impossível começou a crescer dentro de mim: ministrar aos cristãos da China.

    *Extraído da Revista Portas Abertas

    Deixe um comentário