• Inscreva-se no RSS da Catedral

    Momentos de apreensão

    2 jun 2014   //   por   //   Colunas  //  2 comentários

    Essa talvez seja a palavra do momento, apreensão. O que vai acontecer? Vai ter Copa? Teremos protestos? O Brasil repetirá o fiasco de 50? E a grana gasta nos estádios? A corrupção absurda no País? O que será depois da Copa se o escrete canarinho perder? E os altíssimos juros no Brasil? O desemprego, a fome, a falta de hospitais, a violência desenfreada? Ufa, é muita coisa para um ser humano sozinho se preocupar e ficar apreensivo, aflito ou ansioso com tudo isso e mais coisas.

    A Bíblia nos relata em Provérbios 12 verso 25 “A ansiedade do coração do Homem o abate, mas uma boa Palavra o alegra” e diz também num texto muito conhecido em Mateus 6 de 25 a 34 eu vou fazer um
    breve relato aqui – “ Por isso vos digo: Não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber, nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento e o corpo mais do que as vestes?…..Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o a manhã se preocupará consigo mesmo.

    Basta a cada dia o seu próprio mal”. Isso parece fácil no papel e nas escrituras. 0 x da questão é como nos desvencilhar dessa teia em que nos colocamos em que ficamos ansiosos por qualquer coisa. Será falta de fé, de estudarmos mais a Palavra e reconhecermos Deus como Senhor das nossas vidas? Tudo isso passará a Copa, a falta de estrutura em nosso país, se o Brasil for campeão ou não, se houver manifestações, tudo isso vai virar história, e nós não devemos nem podemos virar história junto com essa ansiedade, por isso “lancemos sobre Deus a nossa ansiedade, pois Ele tem cuidado de nós como está escrito em I Pe 5:7”. É o melhor a fazer. É mais saudável e gratificante.

    Em Deus.

    _ _

    Jose Augusto Catharino

    Membro da Catedral Metodista do Rio de Janeiro, atua na Comunicação.

    2 comentários

    • Boa reflexão, sugiro aplicarmos nossa ansiedade interagindo aqui no site.

    • Obrigado Simone. Sua sugestão já é um ponto de partida.

    Deixe um comentário